O melhor caminho para ser Piloto de Linha Aérea

Muitas pessoas não estão satisfeitas com a rotina de trabalho convencional, e querem algo mais dinâmico em suas vidas, no caso, ser piloto de linha aérea. Esse cargo está associado a salários altos, vários benefícios secundários, e o melhor de tudo: trabalhar com algo realmente divertido!

Mas será que é fácil chegar lá? Claro que não! Ser piloto de linha aérea pode ser uma carreira muito complicada, cheia de altos e baixos, e a maioria dos infortúnios, muitas vezes, nem ocorrem por culpa sua. Isso se dá pelo tipo de mercado que essa categoria de trabalho está enquadrada, com alta volatilidade, diversos fatores de saúde que podem te barrar, e o valor dos cursos necessários para sua formação

Todavia, esses detalhes não podem te desanimar, caso contrário é melhor escolher outra carreira. Se tornar um piloto de linha aérea de uma grande empresa é um sonho, mas o caminho até lá é árduo, e por isso sua motivação deve ser constante.

Além disso, existe uma trajetória que você deve seguir até o seu objetivo, e abordaremos elas aqui.

O caminho fácil para ser piloto de linha aérea

Não existe. Ponto. Se você quer ser piloto de linha aérea, se prepare para ralar muito, principalmente no começo. Você vai precisar ter muita força mental para suportar a pressão do início de carreira, pois levará tempo até conseguir um salário razoável.

No início, é muito comum trabalhar ganhando mixarias, isso acontece devido à necessidade de horas de voo para você subir de categoria nessa carreira.É muito comum, além disso, o trabalho em táxi aéreo, onde as condições de trabalho são precárias e os salários são bem baixos, às vezes chegando perto do salário mínimo nacional.

Piloto de linha aérea pousando

Esse será seu terceiro obstáculo a ser superado em sua carreira, pois antes disso é preciso tirar as licenças necessárias para poder voar no âmbito comercial, que são as licenças PP (piloto privado) e PC (piloto comercial).

As dificuldades relacionadas às licenças são os preços para conseguí-las, que, no total, gira em torno de 70 e 100 mil reais, dependendo de onde os cursos forem feitos.

Se você for um aluno muito empenhado, se destacando em seus estudos e mostrando competência, é provável que te contratem, ao final do seu curso, como instrutor na escola em que estudou. Essa etapa é como um ritual de passagem, pois assim você poderá ter um salário, acumular horas de voo e ficar cada vez mais imerso na carreira de piloto.

Tirando a licença para ser piloto privado

Então você está decidido em ser um piloto de linha aérea afinal de contas, pois chegar até aqui demonstra isso.

Antes de tudo, você vai precisar de sua licença de piloto privado (PP), e para conseguí-la, você deve fazer o curso de PP em uma escola de aviação licenciada pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

O curso de piloto privado conta com uma parte teórica e outra prática.

No entanto, no momento da matrícula, é necessário requisitar uma carta de apresentação para realizar o exame médico de 2º classe, conhecido como Certificado Médico Aeronáutico (CMA), pois sem esse certificado fica impossível iniciar o curso.

A parte teórica é feita em sala de aula, no melhor estilo curso convencional presencial, e tem duração de 3 meses.

Neste curso você irá aprender: navegação aérea, meteorologia, teoria de voo, conhecimentos técnicos e regulamentos de tráfego aéreo.

Concluído o curso teórico, você estará apto a fazer a prova da ANAC, onde serão 100 questões, sendo necessário acertar pelo menos 70 delas. Feito o curso teórico, conseguindo a aprovação na prova, partimos para a prática.

Você realizará vários voos junto de um instrutor, que te orientará a todo o momento. São necessários 35 horas de voo para concluir esta etapa, e logo em seguida você fará um exame com um avaliador da ANAC, em um voo de avaliação.

Se for bem sucedido, parabéns, você acaba de iniciar oficialmente sua carreira de piloto. Só tem um pequeno probleminha com a licença de piloto privado: você não poderá receber pelos seus serviços de piloto, pois para isso é necessário ser PC.

Conseguindo a licença de PC para ser piloto comercial

O processo para obtenção desta licença é o mesmo que o do PP: você se matricula em uma escola, faz exames médicos, tem o curso teórico e o prático.

Então, qual a diferença? Bem, as matérias começam a ficar bem mais difíceis, e você precisa se esforçar muito mais.

Além disso, os preços, que já eram salgados, ficam ainda mais altos, e os requisitos para sua formação são bem maiores também.

A parte teórica é o mesmo que o do PP, mas com muito mais detalhes, te dando uma visão mais aprofundada sobre o tema. A duração também é de 3 meses.

No final do curso teórico, há a necessidade de realizar a prova da ANAC novamente, nos mesmos moldes: 100 questões; acertar pelo menos 70.

No entanto, quanto à parte prática, há a necessidade de ter, no mínimo, 115 horas de voo para poder fazer a avaliação da ANAC.

Se for bem sucedido, poderá exercer a profissão de piloto de forma remunerada, realizando táxi aéreo, voos executivos e transporte de pequenas cargas.

A saber, a grande parte dos recém licenciados PC vão para companhias de táxi aéreo, e trabalham recebendo salários apenas para sobreviver.

Se você sonha grande, precisará de pelo menos 1000 horas de voo para ingressar em uma linha aérea, mas não é apenas isso, há outro detalhe.

Cursos complementares

Você chegou em uma linha aérea, entregou seu currículo todo bonito, com 1500 horas, e o cara te fala assim: vá estudar!

Isso mesmo, não adianta SÓ ter as horas de voo, você precisa de vários outros cursos para ser piloto de linha aérea.

Todavia, cada avião apresenta um conjunto de instrumentos diferentes, e você deve ter cursos de qualificação para manejá-los.

Ademais, cada avião tem suas manhas, e você deve ter experiência (além de cursos de especialização) em determinados aviões.

Como foi mencionado no início, ser piloto de linha aérea é uma coisa bem difícil, exigindo muitos sacrifícios e força de vontade. Mas nada que bastante esforço não dê jeito!

Continue Navegando Pela AviationCult!

Gostou deste artigo ? Compartilhe em suas redes sociais e ajude o blog da AviationCult a alcançar mais aficionados e amantes por aviação. Nos siga também nas redes sociais, Instagram e Facebook. Lá postamos periodicamente conteúdos interessantes sobre o mundo da aviação no Brasil e no Mundo. Você vai gostar.

Ser piloto de aeronaves não é o único caminho para a entrar no mundo da aviação. Veja nosso artigo sobre como ser piloto de drones. Veja aqui.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Continue Conectado

Artigos Relacionados