Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins)

No artigo desta semana falaremos sobre o Aeroporto Internacional de Confins “Tancredo Neves”, o qual serve a região metropolitana de Belo Horizonte – MG. Este aeroporto fica localizado na cidade Confins, a cerca de 40km de Belo Horizonte, e é atualmente o principal aeroporto do estado de Minas Gerais.

Possui atualmente três terminais de passageiros em operação (Terminais 1, 2 e 3), tendo a capacidade de atender a uma demanda na faixa dos 22 milhões de usuários/ano, e pode receber aeronaves de grande porte, como o Boeing 747, e cargueiros como os da família Antonov.

Possui modernos sistemas de auxílios à navegação, com o emprego de tecnologia de ponta. Seu terminal de carga aérea é totalmente automatizado, sua pista de pousos e decolagens tem as dimensões de 3600 metros de comprimento por 45 metros de largura, e é dotada de equipamentos para pouso de precisão (ILS CAT1) e todos os demais auxílios às operações aeronáuticas, como balizamento, brigada de combate à incêndios, e de logística em geral.

História e Desenvolvimento

Por diversos anos, o já muito movimentado Aeroporto da Pampulha foi o principal aeroporto da cidade de Belo Horizonte. No entanto, este aeroporto sofria com constantes fechamentos, além de inundações, devido à sua localização geográfica na cidade, próximo à Lagoa da Pampulha.

Era previsto por muitos que em poucos anos o Aeroporto da Pampulha seria literalmente “engolido” pela cidade. Assim, foram iniciados estudos de viabilidade para a construção de um novo aeroporto em Belo Horizonte, e o local escolhido foi o então distrito de Confins, na cidade de Lagoa Santa, a cerca de 40 quilômetros do centro da capital.

O governador Aureliano Chaves publica o Decreto Nº 19.273, que declara de utilidade pública áreas necessárias à implantação do “Aeroporto Metropolitano de Belo Horizonte”.

Confins_MG, 14 de Julho de 2015 BH Airport – Banco de Imagens LEO DRUMOND / NITRO

Para a escolha do local foram levados em consideração estudos que demonstravam que a cidade cresceria até certo ponto, e dessa forma o aeroporto não sofreria com os mesmos problemas que afetavam o Aeroporto da Pampulha. Embora arqueólogos afirmarem que a existência do aeroporto no local poderia danificar grutas com tesouros arqueológicos na região, o local foi mantido, e em 1980 as obras de terraplanagem começaram.

Canteiro de obras do Aeroporto de Confins, 1981.

As obras do terminal se iniciaram em 1981, e durante os anos de 1982 e 1983, o aeroporto recebeu 190 aviões que não puderam pousar no Aeroporto da Pampulha. Os passageiros desembarcavam no terminal de cargas, que já estava pronto, recebendo depois modificações provisórias.

Em 15 de julho, a pista é inaugurada com o pouso do avião Bandeirante, trazendo do Aeroporto da Pampulha o governador Francelino Pereira, e os ministros Eliseu Resende, dos Transportes, e Délio Jardim de Mattos, da Aeronáutica.

Em janeiro de 1984 o Terminal de Passageiros foi inaugurado, mas com apenas metade de sua capacidade operacional. O primeiro avião a fazer um voo regular de passageiros em Confins foi um 737-200, da VASP, em 10 de novembro de 1982. A inauguração oficial foi em março de 1984. O Aeroporto recebe o primeiro voo regular de passageiros mo início de 1984, um Boeing 737 da extinta Vasp, que transportou passageiros de Belo Horizonte para Brasília e conexões para Goiânia e Cuiabá.

Em 10 de novembro, o primeiro voo comercial, da extinta companhia aérea Vasp, pousa em Confins proveniente de São Paulo.
Boeing 707-323C da Varig, procedente de Roma, traz a bordo 35 toneladas de equipamentos importados da Itália destinados ao “novo” aeroporto. Este foi o primeiro voo internacional que Confins recebeu, em 25 de março de 1980.

Após a VASP, Confins também passou a receber voos da Varig, e a primeira ligação internacional do aeroporto foi feita pela LAB, para Santa Cruz de la Sierra. No início de suas operações, o aeroporto recebia um número maior de operações fretadas (charter).

Em 1986, por meio da lei Federal Nº 7.534, o Aeroporto passa a se chamar Aeroporto Internacional Tancredo Neves.

Confins_MG, 14 de Julho de 2015 BH Airport – Banco de Imagens LEO DRUMOND / NITRO

Na década de 1990, diversos voos internacionais começaram a ser operados a partir do Aeroporto de Confins. Em 1993, veio a uruguaia PLUNA, voando para Montevidéu, e em seguida a American Airlines anunciou voos para Miami com escala em São Paulo.

Iniciada pela American Airlines a rota Miami – Guarulhos – BH, em 1994.

Posteriormente vieram a United Airlines, voando para Miami, a Varig, para Nova Iorque, e a Continental Airlines, para Newark. O Aeroporto estava então em seu auge. Porém, a partir do início do final da década de 1990 a situação do Aeroporto pioraria, e os voos em Confins passaram a ficar mais escassos: a PLUNA havia saído em 1996, seguida da LAB, United, Continental Airlines e em 2004, a American Airlines. O Aeroporto estava com um único voo da Varig para Guarulhos, poucos da VASP e quatro da TAM. O principal motivo da saída das companhias aéreas foi a localização do aeroporto em relação à cidade, cujo acesso era um tanto demorado.

A United Airlines lança a primeira rota regular sem escalas entre Belo Horizonte e os Estados Unidos: BH – Miami., 1995.

Em 2000, o aeroporto passou a receber os voos transferidos do Aeroporto da Pampulha, e em 2005 o aeroporto começa a receber os novos voos da GOL, TAM, Varig e OceanAir.

O final dos anos 2000 terminou com grandes expansões no aeroporto, principalmente por parte das empresas Webjet, TRIP e Azul que, em 2010, inauguraram voos para destinos como Belém, Porto Velho, Manaus, Rio Branco, Ribeirão Preto, Navegantes e outros destinos nunca antes operados a partir de Confins, como Fortaleza, Maceió e Porto Alegre.

Aeronaves da extinta WebJet, no pátio de Confins, 2011.

Em 2006, a companhia aérea Gol inaugurou na área do Aeroporto seu Centro de Manutenção de Aeronaves, sendo o maior e mais avançado complexo tecnológico do gênero na América Latina.

Centro de manutenção da Gol

Em 2010 a Infraero abriu a licitação para modernização do terminal do aeroporto, com a instalação de novos balcões de check-in, esteiras de bagagem, dentre demais melhorias. Em dezembro, a TAM iniciou um voo direto para Miami, com seus Boeing 767-300, três vezes por semana.

Terminal de passageiros ja reformado, em 2014.

Entre os anos de 2011 e 2015, outra companhias aéreas internacionais passaram a operar ou aumentar a grade de voos em Confins. Empresas como Pluna, Copa Airlines, Aerolpineas Argentinas e Austral são apenas alguns nomes. Após a fusão da Trip Linhas Aéreas pela Azul. o aeroporto se tornou um dos hubs da compainha.

Após as concessões dos aeroportos de Brasília, Campinas e Guarulhos à iniciativa privada em 2012 (em decorrência da Copa do Mundo de 2014) ocorreu em 2013 a segunda fase de concessões de grandes aeroportos, dessa vez com os aeroportos do Galeão e de Confins, de modo que o edital foi publicado ainda em 2013. Após passar pela etapa de consulta pública e pregão, que foi realizado em novembro do mesmo ano, venceu o consórcio Aerobrasil, formado pela CCR e pelas Operadoras Flughafen Zürich e Flughagen München, dos aeroportos de Zurique e Munique, respectivamente. A operadora alemã deixou o consórcio em 2014, permanecendo a CCR (com 75%) e a Flughafen Zürich (com 25%). Este consórcio tem participação de 51% na BH Airport, que a partir de agosto de 2014 passou a administrar o Aeroporto de Confins. Os 49% restantes correspondem à participação da Infraero, que seguiu assessorando a gestão do aeroporto por um período de seis meses, o qual terminou no início de 2015.

Em 2015, o aeroporto ganhou uma ligação direta com Orlando pela Azul, com a chegada do A330 na empresa. Todavia, com a crise financeira, a rota foi cancelada em Fevereiro de 2016, ano em que o aeroporto perdeu, também, a sua ligação com Buenos Aires, Manaus (rota trocada por Porto Velho) dentre outros destinos. A construção do Terminal 2 durou quatorze meses, indo de Outubro de 2015 a dezembro de 2016, sendo inaugurado no dia 6 daquele mês. O custo total foi de R$870 milhões. Foi em 2015 também que os voos internacionais foram transferidos para o Terminal 3.

Confins_MG, 14 de Julho de 2015 BH Airport – Banco de Imagens LEO DRUMOND / NITRO
Chegada da primeira aeronave Airbus A320Neo dasAméricas no Aeroporto Internacional de BH.

Acidentes e Incidentes

No dia dia 29 de setembro de 1988, oum Boeing 737-300, sob o voo VASP 375, que ia de Confins para o Rio de Janeiro foi sequestrado. A aeronave pousou em Goiânia e o sequestrador foi detido. A única vítima foi o co-piloto, morto pelo sequestrador.

Dia 18 de março de 2000: Um Boeing 727-200, matrícula PP-VLV operado pela Varig Cargo, procedia de Salvador cumprindo uma rota regular de carga, e acabou por acidentar-se durante o pouso. A aeronave tocou o solo e alguns segundos após o toque, o conjunto do trem de pouso esquerdo se soltou, colidindo com o motor de mesmo lado da aeronave. A aeronave girou sem controle ficando no sentido contrário ao do pouso; houve perda total do avião. Os três tripulantes saíram ilesos.

Dia 5 de agosto de 2009: Um Fokker 100, matrícula PR-OAQ da OceanAir, cumprindo o voo 6151 procedente de Brasília, estourou um pneu durante o pouso deixando a aeronave atravessada na pista. Ninguém se feriu, porém, o aeroporto ficou fechado por quase seis horas, atrasando decolagens e pousos de vários voos.

Dia 20 de dezembro de 2018: Um Boeing 777-300ER da LATAM, prefixo PT-MUG, realizava o voo JJ8084 de São Paulo a Londres, quando sofreu uma pane elétrica pouco depois de decolar, tendo que fazer um pouso de emergência em Confins. Ao pousar, o trem de pouso sofreu danos, e a aeronave teve que permanecer na pista até a troca dos pneus. O aeroporto foi interditado por mais de 12 horas, e mais de 100 voos foram cancelados. Não houve feridos.

Dados Técnicos e Operacionais

Siglas IATA/ICAO: CNF/SBCF

Terminal: 132.000 m²

Pontes de embarque: 26, sendo 4 com operação dupla

Pista: 3.000m x 45m

Sítio aeroportuário: 15.12 km²

Companhias aéreas: LATAM, GOL, AZUL, AVIANCA, TAP PORTUGAL, COPA AIRLINES, que representam as mais importantes alianças globais: Star Alliances, SkyTeam e Oneworld.

Destinos: Total: 42 regulares e 4 sazonais

Nacionais: 38 regulares e 2 sazonais

Internacionais: 4 permanentes e 2 sazonais

Estacionamento

Total de vagas: 4.625

Transporte público

Ônibus para os seguintes destinos: Belo Horizonte, Betim, Contagem, Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, Confins, Vespasiano e Matozinhos e Nova Lima.

Cooperativas de táxi

Cooperfins, Coopertramo, Cootramo e Minas Táxi

Principais acessos

MG-10 (Linha Verde – Av. Presidente Antônio Carlos / Av. Cristiano Machado), LMG 800 e MG-424

Movimento estimado em 2044

43 milhões de passageiros/ano

Elevação: 827 metros (2 713 pés)

Tancredo Neves ( SBCF ) / CONFINS, MG 19 37 28S/043 58 19W
AD INTL PUB BH AIRPORT 30NNW UTC-3 VFR IFR L21 , L26 827 (2713)
16 – L4 , L9 [1] , L12A – ( 3000×45 ASPH 83/F/B/W/T L14A , L15 , L18 ) – L9 [1] , L12A – 34 SBBS (CINDACTA 1)
COM – TORRE 118.200 121.500 [2] [6] SOLO 121.900 TRÁFEGO [6] 121.000 ATIS [7] 127.850
RDONAV – VOR/DME CNF 114.4 1933.49S/04402.91W LOC/DME 16 ICF [3] 109.7 1938.76S/04357.45W
CMB– TF RFFS – CAT – 9

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Continue Conectado

Artigos Relacionados